Inserir dados da Minha Obra

Conheça o guia interativo de eficiência energética em edificações

O SindusCon-SP em colaboração com o Ministério de Minas e Energia e apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH apresenta o Guia interativo de Eficiência Energética em Edificações.

Este Guia tem o objetivo de apoiar e fornecer conhecimento técnico aos agentes do mercado da construção civil que buscam construir e operar edificações* mais eficientes. Para isso, ele busca simplificar e desmistificar as estratégias, sistemas e tecnologias voltados à eficiência energética, abordando soluções relevantes a novas construções, retrofits, e até pequenas melhorias em edifícios existentes.

*O termo “edifício” ou “edificações” é utilizado para denominar todas as construções térreas ou com mais de um andar/pavimento, horizontais ou verticais, incluindo áreas privativas e áreas comuns, em especial as tipologias de prédios residenciais, casas, condomínios residenciais, edifícios de escritório, hotéis, shopping centers, retail (varejo) e logística (centros de distribuição).

Tipologias ou edificações

casa

Condomínio

Prédio
residencial

Escritório

Shopping

Hotel

Retail e
logística

Por que utilizar o Guia de Eficiência
Energética em edificações?

De acordo com o Balanço Energético Nacional (EPE, 2017), o consumo atual de energia elétrica em edificações representa 51% do consumo total do país. Estima-se que retrofits de eficiência energética ou a construção de edifícios projetados para serem mais eficientes podem levar a uma redução de 30 a 50% de seu consumo de energia. Estes valores demonstram que existe um grande potencial de redução do consumo energético em construções e que há espaço para investimentos no setor.

Retrofits ou construções
mais eficientes
levam à

redução de

30% a 50%

do consumo do edifício

Objetivos da plataforma

1

Fornecer ferramentas

Fornecer uma ferramenta online interativa que permita aos usuários consultar e selecionar as estratégias prediais mais interessantes do ponto de vista energético, apoiando assim a aplicação da eficiência energética na construção de novos empreendimentos, retrofits e projetos de melhoria em edificações existentes.

2

Sensibilizar público

Sensibilizar o público alvo do setor da construção para possibilidades de aumentar a eficiência energética em projetos de construção.

3

autonomia nas decisões

Ajudar o projetista, engenheiro, empreendedor ou incorporadora a tomar decisões próprias para cada um dos seus projetos ao fornecer dados que ajudam a identificar as melhores estratégias prediais para cada cenário e contexto.

Público alvo

Incorporadoras

Projetistas de
arquitetura e
engenharia

Construtoras

Fornecedores e instaladores

Empresas de facilities

Usuários de edificações

O que é a Eficiência energética?

Existem diferentes definições de eficiência energética, listam-se então a seguir as principais definições consideradas no escopo deste Guia:

“A eficiência energética pode ser entendida como um atributo inerente à edificação representante do seu potencial em possibilitar conforto térmico, visual e acústico aos usuários com baixo consumo de energia.” (LAMBERTS et al, 2014).

“Eficiência energética é chave para assegurar a segurança, confiabilidade, viabilidade e um sistema energeticamente sustentável para o futuro. É o recurso energético que todo país possui em abundância e é o jeito mais rápido e barato de abordar a segurança energética, ambiental e seus desafios econômicos.” (IEA, 2017).

Em resumo, a eficiência energética é a utilização da energia da forma mais otimizada possível, atendendo aos requisitos de conforto,
segurança e saúde, oferecendo os serviços previstos com qualidade e utilizando a menor quantidade de recursos possíveis.

Etapas do ciclo de vida de um edifício

Concepção e estudo de viabilidade

Projetos

Construção e entrega da obra

Uso, operação e manutenção

Reformas e retrofit

Fim de vida

Em edificações, a eficiência energética é um assunto a ser tratado em todas as fases de seu ciclo de vida. O foco deste Guia Interativo é fornecer informações e reflexões sobre como as fases de concepção, projeto, construção, reformas e retrofit impactam no desempenho energético das edificações em sua fase de uso, operação e manutenção.

O que é um edifício eficiente?

Edifícios eficientes são aqueles que conseguem atender satisfatoriamente as demandas dos usuários sob as premissas de projeto com o mínimo consumo de energia, e/ou, inclusive, integrados a sistemas de geração de energia.

Existem múltiplas denominações e certificações relacionadas a edifícios eficientes, sustentáveis, “verdes” ou Zero Net Energia, algumas delas relacionadas ao projeto e outras à operação.

Para que um edifício seja eficiente energeticamente, não basta que ele apenas apresente um baixo consumo de energia – é necessário e fundamental atender aos requisitos de conforto ambiental dos usuários.

Projetar edifícios com altos níveis de conforto depende de variáveis físicas e ambientais, relacionadas à adoção de estratégias construtivas, bem como de variáveis ligadas aos usos do edifício e aos hábitos dos usuários. Dada sua importância e grau de complexidade, este Guia fornece ênfase nas variáveis que influenciam o conforto térmico.

referências

    • LAMBERTS, Roberto; DUTRA, Luciano; PEREIRA, Fernando. Eficiência Energética na Arquitetura. [3.ed.] Rio de Janeiro, 2014.